Chapecó ainda tem vacinas para imunizar contra Influenza

Revista Anna Loide é homenageada pela Câmara de Vereadores pelos 15 anos
29 de junho de 2018
Resort de águas termais é destino turístico quente no inverno
3 de julho de 2018
Exibir tudo

Chapecó ainda tem vacinas para imunizar contra Influenza

GEDSC DIGITAL CAMERA



Chapecó, 21/06/2018, quinta-feira – Mesmo após o termino da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, Chapecó ainda tem doses da vacina disponível para os grupos prioritários: crianças de seis meses a menores de cinco anos; crianças de 5 a 9 anos; adultos de 50 a 59 anos de idade gestantes em todas as idades gestacionais; puérperas: todas as mulheres no período até 45 dias após; trabalhador de saúde; professores: das escolas públicas e privadas; povos indígenas; indivíduos com 60 anos ou mais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional; pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, e mais segunda dose para as crianças que de seis meses a 5 anos de idade que receberam a dose este ano pela primeira vez.

Chapecó já vacinou 84,06% do público alvo nos 26 Centros de Saúde da Família de Chapecó que atendem das 7h30 às 11h30 e das 13 às 17 horas. A meta em Chapecó era vacinar 56.000 pessoas. Importante sempre levar a caderneta de vacinação e um documento pessoal com foto. Isso porque, se necessário, o cartão será atualizado. A influenza ou gripe é uma infecção aguda do sistema respiratório, ocasionada pelo vírus influenza. Inicia-se com febre, dor muscular, e tosse seca. Em geral, tem evolução por período limitado, de um a quatro dias, mas pode se apresentar forma grave. O Sistema Único de Saúde (SUS) oferta a vacina que protege contra os tipos A,B,C do vírus.



Dicas:

Manter os ambientes ventilados

Lavar bem as mãos

Uso do álcool em gel

Uso de copo individual (em escolas e locais de grande circulação de pessoas)

Ter hábitos de vida saudável: praticar atividades físicas, alimentação balanceada e tomar bastante líquido.

Etiqueta da tosse: ao tossir ou espirrar, usar o braço e não as mãos.

Não se medicar… Em caso de sintomas, procurar atendimento médico, na unidade de saúde mais próxima.